Ir para o conteúdo Pule para a barra lateral Pular para o rodapé
Banner_728x90px_PRORROGADO
Banner_728x90px_PRORROGADO

Servidores da rede municipal de Maceió entram em greve a partir de segunda (11)

Professores e demais trabalhadores da rede municipal de ensino de Maceió anunciaram o início de uma greve a partir de segunda-feira (11). A decisão foi tomada em assembleia geral como protesto contra a falta de recomposição salarial e outras demandas para os servidores.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal), houve várias tentativas de negociação com a gestão municipal, mas sem êxito. Por isso, a paralisação ficou definida.

“O reajuste do piso nacional foi definido em 33,24% esse ano, a inflação está nas alturas. Mas a prefeitura está propondo 4% parcelados em duas vezes”, explicou Consuelo Correia, presidenta do Sinteal.

Além do reajuste, a pauta da greve também cobra condições dignas de trabalho nas escolas, contratação de profissionais para suprir a carência da rede e pagamento do rateio dos precatórios do FUNDEF com agilidade, pois a categoria já esperou muito tempo.

A programação de manifestação para os primeiros dias já está sendo organizada. A greve começa com uma assembleia no dia 11, na sede do Sinteal, para construir e aprovar a agenda.

“A solução está nas mãos do prefeito. A categoria está mobilizada e pronta para a luta, estamos lutando pela educação pública de qualidade e pelos nossos direitos. Nossos salários estão encolhendo, as contas não estão fechando. É uma questão de dignidade, exigimos respeito”, completou Consuelo.

Até o momento, a Prefeitura de Maceió não emitiu nota oficial à imprensa sobre a temática.

What's your reaction?
0Smile0Lol0Wow0Love0Sad0Angry

Deixe um comentário